Por que o Compliance é importante para seu mercado?

//Por que o Compliance é importante para seu mercado?

Por que o Compliance é importante para seu mercado?

Você, dono de mercado, imagine-se nesta situação: você está em dúvida entre dois estabelecimentos , não sabe qual escolher para fazer as compras do mês. Então, você faz umas pesquisas e conversa com alguns conhecidos e descobre que um dos mercados já teve problemas com impostos, problemas com os funcionários e com os produtos vendidos e por aí vai, e sobre o outro mercado, você não encontra nada.

E o que você faz? Escolhe o estabelecimento que está com o nome limpo! Porque ninguém gosta de se envolver com algo que não confia, não é mesmo?

Muito mais do que apenas ter uma boa imagem, o compliance é estar em conformidade com as leis do seu país e nicho de atuação. E você vai saber tudo sobre este assunto neste texto, então continue com a gente.

 

Afinal, o que é compliance?

“Compliance” vem do inglês e sua tradução é: conformidade. O termo nasceu do verbo “to comply”, que significa obedecer, cumprir, agir de acordo com as regras. Usamos esta palavra no mundo dos negócios para definir o conjunto de práticas, regras e disciplinas dentro de uma empresa que faz com que ela esteja em conformidade com todas as leis e normas estabelecidas para a região e área de atuação do seu negócio.

Se sua empresa está em dia com todas as suas obrigações legais e exigências dos órgãos que regulam suas operações, quer dizer que ela está em compliance. Esta obrigação também vale para regulamentos internos da empresa como suas políticas de controle contábil, ética empresarial e regras de conduta.

É claro que trabalhar de forma honesta perante a justiça, a sociedade, aos clientes e aos colaboradores deve ser algo que todos deveriam fazer sem titubear, porém não estamos no país das maravilhas. Então, esta palavra e obrigação se tornou ainda mais importante depois que a Lei Anticorrupção entrou em vigor, em 2013; a lei Nº 12.846 trata sobre a “responsabilização administrativa e civil de pessoas jurídicas pela prática de atos contra a administração pública, nacional ou estrangeira”.

 

Por que aplicar o compliance em meu mercado?

O maior objetivo de realizar um bom compliance é fazer com que seu negócio esteja em conformidade com a lei, portanto, evitando multas que podem lhe prejudicar. Porém, vai muito além disso.

Uma empresa que deseja crescer e tornar-se referência no mercado a longo prazo deve alinhar sua função de compliance aos objetivos estratégicos, missão e visão do empreendimento. Adotar esta postura ética também servirá de exemplo para todos a sua volta: concorrentes, clientes, colaboradores, sócios e parceiros; tornando-se um exemplo de como mudar a cultura da desonestidade do Brasil. Estar em compliance não é dar publicidade à postura correta do seu negócio e sim dar transparência.

É mostrar ser uma organização aberta, justamente porque não tem nada a se esconder. O reconhecimento do mercado e do público é apenas um fruto disso. Além do mais, quando seu negócio adota esta postura, você se previne de situações imprevistas envolvendo procedimentos legais. Você também garante uma gestão mais eficiente e maior controle dos processos internos, aumentando da eficiência e a transparência.

 

Os benefícios

Com as leis se tornando cada vez mais rígidas, a fiscalização cada vez mais séria e os clientes cada vez mais exigentes, o compliance tem se mostrado essencial para as empresas, não importa o tamanho ou nicho.

Além de estar 100% em dia com a justiça, o compliance também traz outras vantagens para quem o adota:

 

– Melhora a imagem da empresa

– Melhora a satisfação dos funcionários

Melhora a produtividade

– Melhora a retenção e atração de talentos

– Facilidade na captação de recursos (parceiros)

– Menos riscos jurídicos e financeiros

– Valorização no mercado financeiro

– Atração de investimentos

– Melhora na governança corporativa

– Aumento da credibilidade do negócio

– Ganho de qualidade nos produtos e serviços

– Aumento da vantagem competitiva

 

É importante ressaltar que o medo da justiça não deve ser a razão para se realizar o compliance. Os cidadãos e empresas devem seguir as leis e normas não porque são obrigados, mas porque é o correto a se fazer.

O primeiro passo para adotar um sistema de compliance em seu negócio é entender a sua importância com sinceridade. Para começar da maneira correta, conte com profissionais que sabem o que fazem. A Fazenda RH pode lhe ajudar nisso, entre em contato conosco e mude o rumo do seu negócio!

2019-07-17T11:34:33+00:00