A Contabilidade Societária é peça chave para quem deseja abrir uma nova empresa, e a principal para quem está interessado em realizar alterações contratuais. Também é muito importante a quem precisa de soluções para a expansão do negócio.

Proteger bens e patrimônios, elaborar um planejamento societário para de expansão comercial ou até mesmo para a criação de uma holding, são cenários que o empresário precisa considerar no momento de planejar seu negócio. Com o time societário da Fazenda Contabilidade, seu negócio estará em boas mãos!

Contabilidade societária para a empresa

A abertura de empresas é a partida inicial para quem deseja constituir o sonho de se tornar empreendedor. Mas, quando a empresa já está operando no mercado, sua administração fica sujeita à volatilidade dos negócios, como a entrada ou saída de sócios, aumento de capital, abertura de filiais ou de novos CNPJ’s, a identificação de um ponto mais estratégico e muitas outras mudanças. Todos esses procedimentos são trabalhosos e burocráticos e é necessário que o profissional desta área tenha conhecimentos na legislação vigente, ciente das minúcias e brechas que auxiliam promoção de uma gestão eficaz e também para evitar problemas com as decisões tomadas.

Na Fazenda Contabilidade possuímos ferramentas que auxiliam na organização de todas as etapas nos mais variados processos de aberturas e alterações contratuais, permitindo que o empresário fique ciente de todas as novidades do processo de maneira eficiente. 

Mantenha sossego quanto às fiscalizações em seu empreendimento. Temos uma equipe prontificada para lidar com todas as licenças e alvarás necessárias para manutenção do negócio. Lidamos com os todos os  documentos para que sua empresa esteja regularizada perante ao fisco do Município, do Estado e dos demais órgãos normatizadores.

Depoimentos dos nossos clientes

“Contar com a Fazenda é uma tranquilidade, uma segurança, é ter um parceiro que se preocupa e entende nossos desafios. É ser atendido por um amigo em cada ligação, é ter a certeza que podemos contar com alguém que realmente tem interesse em solucionar nossos problemas, comprometido com o sucesso da nossa empresa.”

Eduardo Cordova, Bio Grupo

Tipos societários

Empresário Individual (EI): diferentemente do MEI, o empresário individual não possui limite de faturamento mas permanece como único responsável, e também, não possui capital mínimo para abertura. Nessa natureza, como o nome sugere, não há participação de outros sócios.

Empresário Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI): também não precisa da participação de outros sócios e a proteção aos bens do empresário segue o artigo 1052 do código civil. Esta natureza jurídica é muito comum no Brasil, e é indicado para pequenas e médias empresas que terão, obrigatoriamente, um capital inicial mínimo de 100 vezes o valor do salário mínimo vigente.

Sociedade Limitada: Os empresários desta natureza tem a possibilidade de constituir empresas sozinhos (caracterizado pela unipessoal) ou em sociedade, constituído por dois sócios ou mais. Não há capital mínimo para iniciar as atividades, mas há proteção patrimonial garantida pelo artigo 1052 do Código Civil.

Empresas do Terceiro Setor: ideal para quem deseja abrir entidades beneficentes dos mais variados propósitos, institutos, fundações, organizações não governamentais (ONG’s), instituições religiosas e outros… Organizações deste setor detém legislações específicas e é recomendado que o idealizador do projeto entre em contato com um profissional qualificado para dar andamento a regularização do projeto junto ao Governo.

Licenças

Alvará de funcionamento: com exceção de alguns MEI’s, nenhuma empresa pode trabalhar sem este documento, desde o menor dos empreendimentos, até as grandes multinacionais. É um documento expedido pela Prefeitura que garante a legalidade do estabelecimento perante o Município.

Certificado do Corpo de Bombeiros: está junto às obrigatoriedades de todas as empresas e ela garante que o ambiente detém condições de segurança contra incêndios.

Licença Sanitária: fundamental para empreendimentos que possuem atividades com interesse à Saúde Pública, pois comprova que o ambiente está em conformidade com a legislação sanitária vigente.

Licença para Explosivos, Armas e Munições: emitido pela Polícia Civil, o alvará serve para a legalização do comércio de produtos controlados, vistoria das bombas de postos de gasolina e outros empreendimentos que se enquadram na listagem da PCPR.

Licenças Ambientais: Emitidas com base na Lei nº 6.938/81, as atividades caracterizadas como poluidoras devem emitir certificados que garantem a segurança do Meio Ambiente, geralmente emitidas pelo IAP ou IBAMA, dependendo da necessidade do empreendimento.

Regularizações

Declaração e Informações Sobre Obras (DISO): as empresas que trabalham com construção, pavimentações, reformas, manutenções estruturais e outras atividades que envolvam a construção civil, bem como, pessoas físicas que realizam uma construção e pretendem regularizar seu imóvel para uma possível venda, devem declarar as informações sobre as obras para a Receita Federal. Conte com a nossa equipe para manter seus serviços regularizados e conformidade com as exigências da RFB!

Registro e Rastreamento da Atuação dos Intervenientes Aduaneiros (RADAR): este documento é importantíssimo para as empresas que trabalham com o comércio exterior. Esse sistema permite que fraudes fiscais sejam evitadas e por isso, o registro é obrigatório para quem atua neste ramo e deseja manter suas atividades regulamentadas. Há critérios a serem seguidos para a obtenção do mesmo e nossa equipe está pronta para atender a essa normativa, conte com nossos serviços!